TRANSPORTE PÚBLICO EM TORONTO

Esse post faz parte da série Como é morar em Toronto. Para ler os demais posts já publicados sobre o assunto clique aqui.

O transporte público de Toronto, conhecido como TTC (Toronto Transit Comission) é bem abrangente e conta com bus (ônibus), subway (metrô) e street car (bonde elétrico). Como eu já comentei em um post anterior, aqui tudo é guiado pelas direções cardeais – east, west, north e south e também é utilizado as intersecções de ruas para se localizar. Ao invés de dizer que moram da rua X, eles falam que moram na intersecção entre a rua A e B. Parece complicadinho, mas depois se pega o jeito.

Eu particularmente acho o transporte bem eficiente, mas o pessoal que mora aqui há anos faz várias críticas a ele. Reparei que em todos os cantos da cidade tem sempre alguma obra acontecendo, por isso acredito que o transporte vai expandir ainda mais para poder dar conta do aumento da população.

O sistema é todo interligado, então o passageiro tem direito a andar nos três meios de transporte pagando apenas uma tarifa por trajeto, desde que ele pegue o transfer. O transfer é um papelzinho que comprova o pagamento do primeiro transporte utilizado e que dá o direito de seguir viagem pegando o próximo transporte sem precisar pagar novamente. Ele pode ser requerido para os motoristas de bus e street car ou ser pego nas maquininhas vermelhas nas estações de subway, depende de onde o trajeto vai começar.

Por exemplo: eu estou no ponto X e quero chegar ao ponto Y e para isso preciso pegar ônibus + metrô + street car + outro ônibus. No pagamento do primeiro ônibus o motorista fornece o transfer (se por acaso ele não te der, tu pode pedir). Ao chegar na estação de metrô tu apresenta o transfer para entrar. Para pegar o street car e o último ônibus tu apresenta o mesmo transfer. Já no caminho da volta tu terás que pagar novamente a tarifa, porque é considerado outro trajeto.

*Os ônibus e street cars são todos híbridos, o que é uma baita atitude do governo para não poluir o ambiente.

SUBWAY:

Atualmente Toronto tem 4 linhas de metrô – verde, amarela, roxa e azul, sendo as duas principais a verde e a amarela. Algumas estações são visivelmente mais novas do que outras.  O horário de funcionamento é das 6:00 am às 1:30 am de segunda à sexta e das 8 am às 1:30 am aos domingos.

subway

BUS: 

Não é necessário fazer sinal para o ônibus parar, basta estar na parada. As paradas são sinalizadas por uma placa com o símbolo do TTC e a maioria delas também contam com uma cabine de vidro (com ou sem cadeira dentro) alguns metros adiante para as pessoas aguardarem – perfeito para os dias de muito frio! Quando o ônibus chega ele para bem na frente da placa do “bus stop” e as pessoas que estão na cabine devem se locomover para lá. Se o ônibus chegar e tu não sair de dentro da cabine para se posicionar na frente da placa do “bus stop”, ele vai passar reto.

Os ônibus não tem cobrador e o pagamento é feito diretamente para o motorista em uma caixinha para depositar as moedas. O valor da tarifa deve ser exato, pois eles não fornecem troco. A entrada é pela porta dianteira e a saída pode ser tanto por ela como pela traseira. Para descer é só puxar a cordinha ou apertar o botão de “stop”. Cada próxima parada é sinalizada por um letreiro eletrônico com uma gravação falando o nome da rua. Também há espaço na frente do ônibus (na parte externa) para colocar bicicleta.

A maioria dos ônibus funcionam das 6:00 am (8:00am aos domingos) às 1:00 am, mas também tem alguns 24h.

  • Reparei que não tem lixeira dentro do ônibus e é comum encontrar sujeira no chão, principalmente papel de transfer.
  • É uma muvuca para entrar no ônibus (e também nos outros meios de transporte), o pessoal não faz fila.

STREET CAR:

O famoso bondinho elétrico, eu acho o maior charme! Mas é engraçado que ele anda literalmente no meio da rua; isto é, ele não para encostado na calçada como o ônibus. Tanto para subir quanto para descer do street car, temos que estar atentos aos carros que estão passando ao lado. O pagamento funciona da mesma forma que o ônibus. A maioria dos street cars funcionam 24h.

OPÇÕES DE PASSES MAIS UTILIZADOS:

METROPASS: passe mensal. Tu paga um valor fixo e recebe um cartão para utilizar todos os meios de transporte quantas vezes quiser durante o mês, basta apresentar para o motorista na entrada. Custa CAD 146,25 para adultos e CAD 116,75 para idosos com 65 anos ou mais e estudantes entre 13-19 anos.

PRESTO: cartão pré-pago que custa CAD 6 para adquirir e tu carrega o valor que quiser, sendo o mínimo CAD 10. A tarifa fica CAD 3 para adultos e CAD 2,05 para idosos com 65 anos ou mais e estudantes entre 13-19 anos. Nos ônibus, street cars e estações de metro tem maquininhas para passar o cartão presto.

WEEKLY PASS: passe semanal, que custa CAD 43,75 para adultos e CAD 34,75 para idosos com 65 anos ou mais e estudantes entre 13-19 anos.

DAY PASS: passe diário. Tu paga CAD 12,50 e tem direito ao uso ilimitado de todos os meios de transporte durante o dia.

CASH SINGLE FARE: tarifa única em dinheiro (moeda sempre!). Custa CAD 3,25 para adultos e CAD 2,10 para idosos com 65 anos ou mais e estudantes entre 13-19 anos.

TOKEN: é uma moedinha do TTC que facilita muito para diminuir o volume das moedas de dinheiro de CAD 1, CAD 2 e CAD 0,25 que costumamos utilizar. O token custa CAD 3,25, mas a cada 3 tokens que tu compra, tem um descontinho e acaba saindo 3 tokens por CAD 9.

OBS: É necessário pegar o transfer em caso de tu ter optado pelo pagamento em dinheiro ou token.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s